Voltar

+ Comunidade +

RITES

RITES

Criado por: jorgecarneiro

O acrônimo: Researchers, Integration, Technology, Experimentation, Solution, tem por objetivo a melhor transferência de tecnologia usando a pesquisa, estreitando a academia com o mercado, em busca de inovação e soluções emergentes da rede e é fundamentada em 3 pilares:

(1) Criar interações e integração entre pessoas que venham a trabalhar em projetos, que se baseiam em relação de confiança, de forma descentralizada e considerando a reputação dos seus integrantes. Esta estrutura é definida como Organização Autônoma Descentralizada (DAO).
(2) Atender gaps das empresas de base tecnológica, contando com o apoio da pesquisa e desenvolvimento para trazer soluções inovadoras, experimentação, prototipagem que viabilizem a sua implementação levando em consideração a experiência do usuário (User Experience UX). Essa abordagem estreita a relação da indústria com seus usuários. Oferece um ambiente propício a inovação e que permite a integração das empresas de base tecnológica, indústrias e P&D. Esse ambiente é descrito no conceito de Proof of Concepts Centers (POCC's).
(3) Criar um ecossistema empreendedor, em que se estimule profissionais e pesquisadores a atuarem em projetos inovadores. O intuito é promover avanços tecnológicos baseados na aplicação dos conhecimentos obtido pelos pesquisadores. A indústria e as empresas têm papel de fomentar a implementação dessas ideias. O propósito é a base que trará remuneração adequada a equipe multidisciplinar que se formara através da integração dos aos profissionais e pesquisadores ligados ao projeto, em que os resultados obtidos são frutos dos seus esforços.
Estes pilares estruturam o objetivo da RITES que é criar, manter e fortalecer redes de relações entre pessoas e instituições. Ele atende o cenário da evolução do mercado, considerando o futuro do trabalho e das relações empresarias. Ao mesmo tempo que utiliza as competências multidisciplinares, dos profissionais em formação, para extrair a maior eficiência da tecnologia.
Esse conceito inova ao propor uma quebra de paradigma e trazer uma abordagem disruptiva, através de soluções emergentes, que surgirão desse ecossistema. Ele atende, de forma adaptativa, as tendências observadas para o futuro das relações entre pessoas e instituições.
Um fato que gera oportunidade para aplicação desse conceito e a demanda que será gerada pela Indústria 4.0. Ela irá alavancar a necessidade de suporte tecnológico multidisciplinar, valorizando assim a PD&I e os profissionais inseridos nesse contexto.
A motivação dessa implementação veio da interação com mentores e especialistas multidisciplinares, que relataram a deficiência da indústria em realizar PD&I de forma satisfatória. Isso gera uma oportunidade de negócio com interação sustentável para os membros da rede, levando para as instituições o conhecimento necessário para prover PD&I de forma eficiente, o que fortalece as relações da rede.
Mercados promissores: (1) Agronegócio, (2) Educação, (3) IoT / IOE, (4) Health (saúde), que são mercados em pleno crescimento e desenvolvimento com carência desse tipo de implementação, dentre outros que surgiram naturalmente no processo.
Serviços e atividades que podem ser implementados neste modelo inicialmente: (1) Integração tecnológica, (2) Valor agregado para financiamento de projetos de tecnologia (3) Soluções para provedores (4) Desenho e arquitetura de redes (5) Trabalho em rede multidisciplinar para soluções tecnológicas.
Além dos mercados, serviços e atividades propostas entendemos que todo este conceito pode ser utilizado em qualquer ecossistema produtivo existente nos dias atuais, e que demais aplicações ocorreram com as propostas emergentes que venham a surgir da comunidade aqui criada.

_Objetos

Zoom